• Aniversários do Mês

    Lista de Idols aniversariantes Veja aqui

  • Fandoms do K-Pop

    Lista de fandoms do K-Pop Veja aqui

  • Dicionário de K-Pop

    Mini-dicionário para Kpopper Iniciantes Veja aqui

  • Lado ruim do K-Pop

    Piores Aspectos do K-Pop Veja aqui

  • Musas do
    K-Pop

    Melhores Corpos femininos do K-Pop Veja aqui

  • TOP Abdômen

    Os Melhores ABS Masculinos do K-Pop Veja aqui

  • Existe Afro-descendentes na Ásia?

    Veja uma lista de celebridades 'Blasians'.

  • Curiosidades: Grupos e Solos

    Veja uma lista de curiosidades de 52 grupos e cantores do K-Pop.

  • A Lavagem Cerebral do K-Pop e outras mídias

    Veja um artigo disertativo sobre alienação de mídias (incluindo o K-Pop).

  • Estrangeiros no K-Pop (Idols que não são coreanos)

    Veja uma lista dos Idols do K-Pop que não são coreanos.

  • Coisas no K-Pop que você precisa se acostumar

    Lista de alguns aspectos que são comuns no K-Pop mas estranhos para os fãs ocidentais.

setembro 05, 2015

Piores Aspectos do K-Pop

Compartilhe & Comente

Decidimos fazer esse post apenas para citar de forma rasa os piores aspectos do K-Pop (na nossa opinião). Antes que alguém comente que não dissertamos os tópicos por completo, já aviso: Não dá para falar sobre esses assuntos com 100% de precisão, já que apenas um Idol do K-Pop saberia falar sobre isso com plena razão. Então, por favor, entendam que cada tópico é apenas uma introdução ao tema, cada qual, contendo nossa opinião e cabe a vocês formularem as suas.

Programas coreanos e seu humor de gosto duvidoso 
Quem já assistiu um programa coreano com Idols, já deve ter percebido que eles são usados como palhaços em "programas de variedades" como Weekly Idol e Star King. Até aí tudo bem, os artistas sempre sofrem pegadinhas em programas de TV, até aqui no Brasil é assim. Porém, existe um limite entre o engraçado e humilhação. Infelizmente é esse o conceito desses programas, um humor escroto e rude. Certas coisas como tirar sarro (zuar, tirar onda com a cara) de pessoas feias ou gordas, jogar coisas em outras, bater/dar petelecos na cabeça dos outros ou na própria cabeça como forma de punição não soa muito engraçado para mim, não sei quanto a vocês.. É óbvio que eles não estão batendo de verdade, mas mesmo assim, o quê tem de divertido/engraçado nisso?

Exemplos (clique para aumentar):

 

 

 


Playback e a falta de talento dos Idols
Playback e falta de talento existe pra todo lado, inclusive nos EUA é difícil achar um cantor ou cantora que realmente cante bem ao vivo e nem vamos falar de artistas que compõe as próprias músicas, porque são raríssimos. No K-Pop não poderia ser diferente, mas o fato dos Idols serem tão populares na Ásia faz com que a demanda por eles seja enorme. Existem milhares de grupos, e mesmo que não sejam conhecidos eles tem fandoms e careiras fixas. E é claro que nessa enorme quantidade de Idols, nem todos sabem fazer algo que presta. A maioria deles conquista fama pela beleza ou por polêmicas e os pouquíssimos com real talento quase nunca conseguem reconhecimento, os que conseguem se esforçam muito para isso.

O esforço de alguns Idols também deve ser levado em consideração, mesmo aqueles que não tem de fato nenhum talento se esforçam tanto que acabam aprendendo a ser bom em alguma coisa e talvez isso seja ainda mais merecedor do que já ter um talento nato. Em contraponto, há vários artistas talentosos que esnobam apenas por se destacar um pouco dos demais e isso também parece tão errado quanto conseguir fama a custo de beleza ou outros artifícios supérfluos.

A questão é que os fãs sabem que eles não tem talento, mas gostam mesmo assim e qual é o problema nisso? Se a pessoa gosta, é a opinião dela, ninguém é obrigado a concordar. Ninguém escuta bandas de rock pelo potencial vocal dos vocalistas e nem musicas eletrônica pelo sentido da letra. Será que não é possível simplesmente ouvir e curtir a música de boa?

Veja também: [Opinião] A voz é realmente vital no K-Pop?


Fan Service e Fãs idiotas
Fan service é algo que sempre existiu na música, tanto na ocidental como na oriental. O problema é que os fãs não sabem separar as coisas. Um exemplo? Hoje em dia no K-Pop, se alguém falar que não gosta fan service irá ser chamado de poser, homofóbico e etc, mas se fala que ama/adora vai ser chamado de fãzinho trouxa. Agora, pare um instante e pense nessa situação: Você é selecionado para um grupo e tem que conviver com pessoas que não conhece, mesmo que não se dê bem com seus colegas é obrigado a fingir que tem amizade com eles. Provavelmente é uma situação muito desconfortável.

 

O problema principal em todos os fandoms (em geral, não apenas os de K-Pop) é que se você não gosta do que os outros gostam, é considerado "poser". O principal motivo é que os "fãs", em maioria (adolescente imaturos) não aceitam criticas ou opiniões contrárias as deles. Atualmente as pessoas escutam K-Pop não por gostar da música, mas por causa do visual, pelos "coreanos lindos". É alias, muito provável que se essas pessoas tivessem conhecido o K-Pop à 5 anos atrás, teriam achado TVXQ e SS501 ridículos e feios.

Quem é fã de K-Pop a mais tempo sabe como era difícil achar uma página brasileira sobre K-pop ou sequer um Kpopper brasileiro no twitter ou facebook. Obviamente, ninguém ficava discutindo por bobagem quando existiam tão poucos fãs. Todavia, ultimamente existem tantos fãs que você já não pode nem escutar K-Pop e não se considerar de nenhum fandom.


Plágios, e falta de qualidade musical
Isso é definitivamente muito irritante para os fãs que compram um álbum, mas quando escutam percebem que não passam de versões remix cantadas em coreano de musicas americanas famosas. O pior de tudo é quando um grupo lança um single ótimo e você compra o álbum, escuta e percebe que apenas o single promocional é bom, e o resto é uma bosta.

Além do fato de que 99% dos álbuns lançados no K-Pop são EPs, ou seja, mini-álbuns com no máximo 6 faixas, porém o preço é o mesmo de um álbum completo. É compreensível que os artistas precisam lançam muitos singles em um ano para não saírem da mídia, uma vez que um cantor ou grupo que fique mais de um ano sem lançar nada já cai no esquecimento, então seria desvantagem lançar álbuns completos. Todavia, isso não justifica a falta de qualidade das músicas que não são singles.

Para se honesta, nunca comprei nenhum álbum de K-Pop e provavelmente nunca irei comprar. Eu até tinha alguns CDs em casa, apenas aqueles que considerava muito bons, porém a internet tornou a compra de CDs uma perca de dinheiro. O preço de dois CDs é o mesmo de uma conta normal de serviço internet, onde você baixa quantas músicas quiser pagando apenas o uso mensal online.

Muita gente acha que os fãs são obrigados a comprar os álbuns pois é isso que "dá dinheiro" para os artistas, porém essa informação é equivocada, já que a maior parte do lucro dos artistas vem dos SHOWS e não de venda de álbuns.


Padrão de beleza e anorexia
Os principais aspectos do padrão de beleza coreano são: pele clara, olhos grande e com pálpebra dupla, V-Line (queixo em formato de V), S-Line (corpo em formado de S no caso das mulheres), e Chocolate ABS (abdômen definido o caso dos homens), entre outros.
A maioria dos Idols já fizeram algumas cirurgias plásticas. Para vocês terem noção, basicamente todos os Idols (cantores, cantaras, atores, atrizes, etc) fizeram cirurgia de pálpebra dupla.

Veja também nossa postagem: Cirurgias plásticas no K-Pop.

Eu sou meio gordinha… então passaram um treco aí em mim para parecer que eu sou magra.
 – Lee Hi nas gravações de 1, 2, 3, 4 referindo-se ao produto usado no seu corpo.

A maioria dos Idols pesam menos de 50 quilos, isso se dá ao padrão de magreza asiático. Como a estrutura óssea dos orientais é muito menor e mais fraca que os ocidentais, faz com que eles naturalmente pesem menos. Porém, muitos dos Idols são anoréxicos(as) e fazem de tudo para emagrecer (incluindo dietas malucas e simplesmente passar fome).

Veja também esse aqui: [Opinião] Por que os K-Idols tem que ser lindos e perfeitos?


Anti-fãs, Internautas raivosos e Sasaengs 
Mesmo em pleno o século 21 ainda vivemos em uma sociedade extremamente racista, machista e homofóbica. O pior de tudo é que a internet vem criando um tipo público raivoso e ignorante, que usa do anonimato para espalhar ódio e estupidez para todos os lados.

Um artista (ator, cantor, qualquer coisa) não pode fazer nada sem ser julgado e xingado pelas redes sociais. Eu gostaria de encontrar pessoalmente esse tipo de pessoa para poder perguntar: Se você não é fã, por que se importa? O que te dá direito de criticar uma musica se você não comprou o álbum?  O que te dá direito de criticar um programa se você nem o assiste? 

Essa é a questão: as pessoas mentem o bedelho onde não são chamados. Por que elas se importam tanto com a vida alheia? Se você não tem nada útil para fazer com seu o tempo livre, então vá ler um livro, vá estudar, trabalhar, fazer qualquer coisa útil, porque bancar o idiota na internet é coisa de gente desocupada.

Sem contar com as sasaengs que perseguem seus ídolos e invadem da vida pessoal deles, muitas até perturbam os amigos e família deles atrás de informações sobre a vida amorosa do Idols.
Observação: algumas Sasaengs ganham dinheiro de fã sites para tirar fotos exclusivas dos Idols.

Veja também: [Opinião] Sasaeng Fans, eles são um problema?
Veja também: [Opinião] K-Pop e o grande problema dos Anti-fãs.


Bullying entre os Idols 
Nós temos visto uma quantidade grande de Idols deixando seus grupos, em ênfase, os chineses, que alegam serem vítimas de Bullying e maus tratos de seus colegas. TaeHyun, do grupo WINNER também foi acusado de cometer bullying na época em que estava no ensino médio e muitos outros Idols também. Além do maior e mais conhecido caso de Bullying do K-Pop: Hwayoung, que deixou o T-Ara, apesar de ninguém saber bem dos detalhes do ocorrido. Muitos acreditam que ela atenha sido vítima de bullying, ainda que todos formaram suas opiniões em cima de rumores baseados nos que os fãs viam em entrevistas e outras mídias, até hoje não se tem nenhuma informação verídica sobre o caso.

Infelizmente não é possível descrever esse tema abertamente já que a maioria das notícias de Bullying no K-Pop se baseiam apenas em rumores que não são muito confiáveis.

Não estamos acusando ninguém, mas esses gifs abaixo realmente parecem exemplos bullying:

 



Dispatch, rumores, e as "testemunhas A e B"
Dispatch é um site famoso por revelar "escândalos"(Na verdade não tem nada de escandaloso, são quase sempre namoros, que para as fãzinhas trouxas trata-se de escândalo). De vez em quando essas matérias do Dispatch tem alguma relevância, tipo no caso do processo do B.A.P, no qual eles fizeram uma investigação minuciosa que relevou cada detalhe sobre a situação financeira do grupo. Entretanto, no geral a maioria da coisas que eles postam são apenas rumores e babaquices, só vê quem não tem o que fazer (a maioria das fan girls coreanas, para variar).

Além dos rumores falsos, ainda tem as testemunhas, amigos próximos, colegas, gente que não revela seus nomes e nem a relação com os idols citados nessas notícias, agora eu pergunto para vocês: Como você vai acreditar em anônimos falando de terceiros, sendo que não existe nenhum prova de que essas suposições são reais?

O pior de tudo é que esses rumores são sempre criados por "anti-fãs" (haters), pessoas que dizem odiar alguém mais gastam tempo para pesquisar tudo sobre os indivíduos e criar notícias falsas sobre eles (Isso para mim soa como fanatismo psicótico). Na maioria dos casos são rumores sobre namoros ou casos secretos, idols grávidas ou fotos de idols pelados(as) - "nudes".

Porém algumas vezes são coisas muito sérias a ponto de acusar os cantores de prostituição e coisas relacionadas à politica e comunismo (Clique aqui e veja um post sobre rumores que quase acabaram com a vida d alguns idols).

Como alguém pode odiar tanto um idol a ponto de inventar esses absurdos sobre eles? O que foi que eles fizeram para merece tanto ódio? Espancaram alguém? Mataram alguém? .. Mas não, a babaquice desses anti-fãs se resume em pura inveja e ciúme.



Racismo e Apropriação
Além de humilhar pessoas obesas ou feias, os programas coreanos vivem fazendo comentários e/ou sátiras racistas. Nós sabemos que nos países orientais a predominância étnica é a oriental-asiática, vulgarmente conhecida como "raça amarela". Na Coreia do Sul em especial, 90% das pessoas não tem nenhuma miscigenação, fazendo com que eles sejam muito preconceituosos com qualquer um que não seja oriental por puro medo e ignorância ao desconhecido. 

A maioria dos coreanos não tem contato com negros (pois a imigração não é tão volumosa), considerando-os "E.Ts", como se não fossem humanos comuns e têm medo simplesmente porque são pessoas diferentes. Vale ressaltar o fato de que muitos dos soldados, tanto brancos quanto negros, em bases do exército americano na Ásia estupravam  as mulheres coreanas ou simplesmente dormiam com as prostitutas, dando origens a centenas de filhos "bastardos" que moravam com as mães, claro, porém não recebiam os nomes dos pais, nem sequer o direito de nacionalidade americana. Devido a esse fato o preconceito contra os americanos, por medo, e também as crianças mestiças, ligadas ao preconceito social.
[..]

Nós vemos hoje no K-Pop uma apropriação da cultura "SWAG", Twerk e Trap Music, porém o racismo continua. De vez em quando aparece algum negro em um MV do K-Pop, entretanto mesmo quando a música é do estilo Hip-Hop não vemos os negros sendo tratados como membros comuns da sociedade. Faz algum sentido você gostar da cultura negra, do Hip Hop, do Rap, mas não gostar de negros? É patético... 

Além de existir muito chineses no K-Pop e eles continuarem a sofrer racismo, porque sim os chineses são vitimas frequentes de racismo, pois humilhados, ridicularizados e descriminados, não apenas dentro da Ásia mas no ocidente também. Não é atoa que muitos dos chineses estão deixando os grupos de K-Pop para voltar para a China, e seguir carreira apenas lá.

Alguns exemplos óbvios de racismo entre os próprios coreanos:
(Não vou citar casos com chineses porque é muita coisa e precisa de uma postagem completa para explicar)

 
**Esses são casos de Blackface, que se aplica quando alguém não-negro se caracteriza de negro usando esteriótipos para ridicularizar a comunidade negra.**

"É muito difícil ver o rosto dele no escuro"

- Ouvi dizer que pareço muito a Nicole do Pussycat Dolls.
- Olá pessoa negra? Você é a Beyonce?
- Mas eu sou uma princesa indiana.

Outros comentários racistas feitos por idols do K-Pop:
• Taeyeon do SNSD disse que a cantora americana Alicia Keys era "Bonita para uma pessoa negra", “pretty for a black person”.
• Lee Michelle foi vítima de comentários racista do JYP Park durante o programa K-pop Star .
• Jenny Hyun compositora de musicas do SNSD e ChoColat disse via twitter que a morte da Whitney Houston não foi uma perda por causa de toda a "bagagem" que veio com ela e se referiu aos afro-americanos como "nojentos, violentos, arrogantes e estúpidos". Além de ter twitado a seguinte frase: “We don’t know what it’s like with them not here. But imagine a world with NO BLACK PEOPLE. All the tension in every aspect of life would be drastically improved without them around. And ONLY them.” Clique aqui e veja prints dos tweets dela.

E se artistas negros falassem coisas semelhantes aos exemplos acima, vocês acham que a população coreana iria relevar que eles não conhecem a cultura coreana e são ignorantes, ou simplesmente simplesmente xingariam até os netos da pessoas, e não apenas aquela pessoa, mas generalizariam e xingando toda a comunidade negra.. Mas se fosse um branco loiro e bonito eles até defenderiam.. Para você ver.

Um ocidental se veste de asiático e usa os dedos para "puxar os olhos", isso é considerado absurdo, todo mundo xinga e fica revoltado, mas um asiático se pintar de preto é "só brincadeira",  e se a comunidade negra reclama é "tudo vitimismo"? Da para ver que de lado essas pessoas estão, não é?

O racismo na Coreia não se aplica apenas aos negros e ocidentais em geral, mas a qualquer pessoa não-coreana, isso inclui japoneses, chineses, mestiços e descentes de asiáticos que nasceram em países ocidentais. Basicamente, qualquer pessoa "diferente" vai sofrer racismo. Um exemplo foi uma mulher coreana e sua filha que tem olhos azuis que sofreram preconceito por isso (foto).


Machismo
É difícil de acreditar que mesmo com toda a evolução da democracia a raça humana não tenha evoluído em simples aspectos sociais como a desigualdade entre os gêneros. Esse é um aspecto negativo na sociedade mundial e mesmo com as lutas do direitos iguais, ainda existe muito machismo e homofobia. Na Ásia, isto talvez seja bem mais grave, pois boa parte das famílias asiáticas são antiquadas e conservadoras, as garotas são educadas desde pequenas para serem obedientes e comportadas, induzidas a considerar o casamento a coisa mais importante na vida. E como a maioria dos homens de qualquer lugar não gosta de mulheres independentes, as mulheres acabam não tendo um papel relevante na sociedade, além de terem filhos e cuidarem dos serviços domésticos.

Dentro do K-Pop o machismo pode ser facilmente perceptível apenas em analisar os MVs (clipes musicais), nos quais vemos garotas sendo puxadas pelo braço ou tento o cabelo puxado. Além do fato dos conceitos sexys feito pelos grupos femininos serem sempre alvo de críticas e de acusações por apenas estarem tentando chamar atenção, porém quando um grupo masculino faz um conceito sexy é aceito sem reclamações. O pior de tudo é que muitas vezes as trainees são submetidas a coisas humilhantes e criminosas para fazer sucesso, muitas são humilhadas e agredidas pelos donos das empresas, outras até sofrem abuso sexual, como o caso de 2012 no qual o CEO da Open World Entertainment foi acusado de ter abusado e forçar os trainees (rapazes) a abusarem de outras seis garotas. A atriz Jang Jayeon cometeu suicídio em 2009, revelando em uma carta que seu agente não só a abusava como a forçava a manter relações sexuais com poderosos do entretenimento sul-coreano. Entre outros vários depoimentos de quase-trainees que sofreram assédio ainda antes de assinarem contrato.

Já foi relevado em sites coreanos que muitos dos trainees são divididos em dois grupos: um, os que tem talento, e maior probabilidade de debutar, e dois, os que são considerados sem talento, que são colocados no "grupo do prazer", no qual trocam favores sexuais por crescimento na empresa e que tenham garantia de debut.

Podemos citar alguns exemplos óbvios de machismo no K-Pop, como:
• No more perfume On You do Teen TOP fala sobre traição e na letra eles pedem para que a amante noona (mulheres mais velha) não use perfume para que a namorada não descubra.
• No MV de Baby Goodnight do B1A4 traição também é o tema principal. Porém, quando é uma mulher que trai parece que tudo acabou e ela é classificada com todos os tipos de "palavras más". No entanto, neste MV os amigos que o ajudam a enganar sua namorada e parece que tudo está bem já que é apenas por uma noite.
• Em Inconvenient Truth do INFINITE eles falam para a garota (namorada) parar de usar roupas curtas.

Quando grupos fazem conceitos sexy e revelantes, homens são considerados legais e mulheres são injustamente taxadas de baratas e que só querem atenção.” Lee Joon – ex-MBLAQ

Texto inspirado em: A Coreia do Sul precisa do feminismo? | Na terra do Kimchi.
Veja também essa postagem: #GarotasNoPoder: O Feminismo e o Sexismo na Coreia do Sul.

E para vocês que gostam de drama, e MVs do K-Pop que mostram alguém puxando uma mulher pelo braço, isso não é fofo, é agressão.

A violência contra mulheres é retratada frequentemente em dramas e MVs no K-Pop, veja abaixo um exemplo:


Para quem quiser saber sobre o assunto recomendo essa postagem: O Feminismo e o Sexismo na Coreia do Sul.


Homofobia
A homofobia é ainda mais forte que o machismo, pois como dito anteriormente, as famílias asiáticas são muito conservadoras. Existe pouquíssimos gays assumidos na Coreia e a maior parte deles tem medo de assumir e perder seus empregos (principalmente no ramo artístico). Não existe muito para dissertar sobre o assunto, já que a homofobia é um aspecto negativo na sociedade mundial.

Vale a pena ver o MV de Please, Don’t do K.Will, onde mostra um casal gay. 

Veja também: [Opinião] Tabu: Como o K-Pop retrata a homossexualidade?
Veja também: [Opinião] Homossexualidade no K-Pop, existe?



Contratos escravos e Abusos verbais e Sexuais
A maioria dos Idols passam por aulas de dança, canto, atuação, línguas estrangeiras, etiqueta, etc. Esse é o famoso período de "Trainee", onde eles treinam mais de 9 horas por dias, para estarem completamente preparados para atuar em vários ramos do meio artístico. A maioria dos contratos tem de sete a onze anos de duração e quando a pessoa quiser (ou precisar) quebrar esse contrato é obrigada (na maioria das empresa) a pagar uma taxa de quebra de contrato. Vários grupos já entraram em processos com suas empresa alegando contratos abusivos, exemplos são: JYJ, B.A.P, Block B. 

Veja mais sobre o assunto nesse artigo: [Opinião] O lado negro do K-Pop.

Veja alguns exemplos de abusos feitos por CEOs e membros de empresa do K-Pop:
 Ex-trainee revela em entrevista que foi estuprado e abusado sexualmente em agência. Veja a matéria aqui.
 CEO da Open World Entertainment foi preso por supostas acusações de assédio sexual. Veja a matéria aqui.
 Ceo da Star Empire, Shin Joohak, denunciado por antigo abuso de 9MUSES em documentário. Veja a matéria aqui.
 Líder do ZE:A revela segredos explosivos sobre o CEO da Star Empire! Veja a matéria aqui.

Veja também: [Opinião] Vida de trainee: uma jornada de incertezas


Finalmente acabou!

Sabe o que é pior? Mesmo com todos esses defeitos, nós ainda amamos o K-Pop e vamos continuar amando. K-Pop é um vício, vocês podem controlar, mas é basicamente impossível de largá-lo.

Vocês gostaram do post? 
Qual a opinião de vocês sobre os aspectos negativos do K-Pop?

Tags: , ,

0 comentários:

Postar um comentário

 
sample64

Seja nosso Afiliado

Clique aqui para se afiliar

sample41

Secret Brasil

Visite a fanbase brasileira do Secret.

sample42

N:sonic Brazil

Visite a fanbase brasileira do N:sonic.

sample41

Sensaciona -lismo do Kpop

Página de notícias/zuera do K-Pop .

sample43

A.KOR - 에이코어 Brazil

Visite a fanbase brasileira do A.KOR.

sample42

Joy Brasil

Visite a fanbase brasileira da Joy (Red Velvet).

sample43

Kim YerimBrazil

Visite a fanbase brasileira da Yeri (Red Velvet).

sample42

Kang SeulgiBrasil

Visite a fanbase brasileira da Seulgi (Red Velvet).

sample43

Kpop Tumblr

Página voltada para todo tipo de conteúdo de K-Pop.

sample42

Rua das Begônias

Curiosidades da cultura pop japonesa e coreana.

sample43

E-Girls Brasil

Fansite brasileiro do grupo E-Girls.

sample64

Seja nosso Afiliado

Clique aqui para se afiliar.

Copyright © Hallyu Town | Designed by Templateism.com